Doramas Entretenimento K-Drama
/

A Korean Odyssey (Hwayugi) – K-Drama

Voltei aqui pra falar de um drama que terminou essa semana e teve diversas opiniões. A Korean Odyssey rendeu o que falar desde o começo e foi basicamente assim: teve quem amou e teve quem odiou. Eu ainda estou dividida, porque gostei de muitas coisas mas também não gostei de outras.
A Korean Odyssey ou Hwayugi é um drama de fantasia sobre seres sobrenaturais que “caçam” espíritos maus. Os personagens são carismáticos e engraçados, o elenco é excelente e a trama tinha um grande potencial, mas infelizmente não permaneceu no mesmo nível todo o drama.

A Korean Odyssey (Hwayugi)
화유기
Episódios: 20 | Emissora: tvN | Ano: 2018

Sinopse: A história conta as aventuras de criaturas místicas tentando alcançar seus objetivos. Ma Wang e seus amigos lutam contra os demônios que querem destruir o mundo. Song O Gong é um macaco implicante que faz o que quer até que se vê preso como guardião de uma humana que vê espíritos.

A Korean Odyssey foi um drama muito esperado já que é escrito pelas famosas irmãs Hong, roteiristas de dramas de grande sucesso como The Master’s Sun, My Girlfriend is a Gumiho, The Greatest Love, You’re Beautiful e outros. E é baseado em Journey to the West, um romance mitológico do escritor chinês Wu Chengen.
Lembro que eu era uma dessas pessoas com as expectativas lá em cima, principalmente quando o elenco foi confirmado e vi grandes nomes ali também.
A história começa bem e muito empolgante, me deixou curiosa quanto aos personagens porque a verdade é que não dá pra entender nada no começo. Mas eu tive uma decepção muito grande quando o drama chegou na metade, parece que a cada episódio a história fugia mais do foco principal e se perdeu nos vários plots criados que não foram desenvolvidos. Eu fiquei chateada de verdade com esse drama. Normalmente eu ficaria com raiva, mas nesse caso era um baita potencial, tanto da história, quanto do elenco, dos personagens… tinha tudo pra ser perfeito e simplesmente não foi. Além disso a história fica confusa, não sabe se foca no terror, ou no romance, ou no melodrama, que surgiu na metade do drama.
Na verdade o drama já estreou com várias polêmicas, os dois primeiros episódios foram bons mas cheios de efeitos especiais ruins e os telespectadores reclamaram bastante, até que resolveram inserir mais um diretor que era experiente em dramas de fantasia. O que na minha opinião, não resolveu muito não, os efeitos continuaram bem mais ou menos, então resolvi desistir de ver efeitos de alto padrão e curtir o drama numa boa.
Falando um pouquinho da história, esse drama é completamente maluco. É sobre criaturas mitológicas. Basicamente um macaco, um boi, um porco e uma humana especial que lutam contra espíritos malignos que fazem mal para a humanidade. Também tem outros “animais” e seres na história. Mas eles também tem objetivos e lutas pessoais o que às vezes os coloca um contra o outro e gera os conflitos do drama. Todos são seres espirituais, mas tem os bons e os malvados.
São tantos personagens nesse drama, e a maioria deles muito carismáticos e legais, uma pena que não foram bem desenvolvidos.

Vou começar pelo Grande Sábio, Son O Gong (Lee Seung Gi), que mesmo sendo um dos melhores personagens poderia ser ainda melhor. Son O Gong é um macaco que vivia preso em uma floresta por cometer um crime mas acabou sendo solto por uma garotinha. O Gong é o tipo de “pessoa” (haha) que se acha demais, é folgado, cínico e adora implicar com todo mundo.
Adorei Lee Seung Gi nesse personagem porque lembrava bastante dele em Gu Family Book, e como ele combina com dramas de fantasia!

Jin Sun Mi
(Oh Yeon Seo) é uma humana com um destino especial, chamada de Samjang pelos espíritos. Desde criança ela vê fantasmas e tem “o trabalho” de expulsá-los. Ela vive sozinha e com medo dos espíritos. Principalmente quando ela descobre que ela é especial e se for devorada por um espírito, o mesmo ganhará poderes. (Sim, devorada mesmo, haha esse drama é sem noção, tinha até personagem preparando molho pra colocar nela e comer 😂🙊) Ela acaba conhecendo Son O Gong e ele se torna “o guardião” dela, mesmo contra a vontade dele.
Eu sou fanzona da atriz Oh Yeon Seo, que me conquistou justamente por suas expressões e atuação enérgica, mas infelizmente nesse drama a personagem dela não foi tão legal assim. 🙁 Fiquei triste, porque teve gente que a viu pela primeira vez nesse drama e achou que a atriz era ruim, mas o problema mesmo foi o roteiro que transformou a personagem numa inútil. Acho que esse foi o principal problema do drama, pra mim. Já que desde o começo a promessa era de que a Samjang fosse uma humana especial com um destino incrível e vários poderes, mas na verdade a tornaram muito dependente do Song O Gong e esse erro se repetiu até o fim do drama. Fiquei incrivelmente desapontada pelo potencial desperdiçado. Ela seria uma personagem feminina interessantíssima e poderosa se tivesse recebido atenção que merecia.

Ma Wang
(Cha Seung Won) é um boi, que na Terra é “disfarçado” de dono de uma grande agência de entretenimento. Ma Wang tem uma personalidade forte e é uma das criaturas mais poderosas, pelo menos ele diz. Através da agência é que ele consegue ficar de olho no espíritos e se certificar de que tudo está em paz no mundo dos humanos. Ma Wang é um personagem engraçado e exagerado.
P.K. (Lee HongKi) é um porco disfarçado de cantor, ele é muito famoso e querido pelos fãs. O personagem é engraçadíssimo e carismático.
Quanto ao Cha Seung Won, eu gosto dele mas sempre acho a atuação um tanto forçada. Dessa vez achei mais natural, e o personagem é ótimo… mas é outro que poderia ter desenvolvido mais os poderes já que ele dizia ser o mais poderoso entre os espíritos. Enquanto isso Lee Hong Ki estava muito bem no papel de PK, ele é tão fofo que fica engraçado sendo o “crianção” da turma.

Lee Se Young
fez várias personagens nesse drama, tenho até medo de comentar e dar spoiler demais, mas vamos lá. Ela foi uma humana, uma zumbi e uma xamã. Entre essas três personagens, minha preferida foi a zumbi. Eu me encantei tanto pela história dela, a ponto de chegar em determinada parte do drama e preferir ver cenas dela do que da protagonista. Ah Buja linda! 💕 Mas a verdade é que a partir do momento que ela passa a ser a xamã, todo o drama desanda, e eu não aguentava mais ver a cara dela. Perdão Lee Se Young. 😕

Vamos falar agora do General Frost e a Fada Ha, ambos interpretados pelo ator Sung Hyuk. Eu queria comentar sobre a história deles, mas é spoiler. Só queria dizer que são uns amores, em especial a Fada que virou uma das minhas personagens queridinhas também, uma das que me importei mesmo de coração até o fim do drama. A história deles é muito bonita e merecia ter tido um desenvolvimento melhor. Fiquei até surpresa que só descobri a verdade sobre eles quando o drama já estava bem avançado. Queria mais deles.

Também tinha a secretária Ma (Lee El), que era um cachorro, e ela era tão maravilhosa mas pouco aproveitada também. Adorava todos os batons dela! haha Alice (Yoon Bo Ra) era uma doida, mas um doce lá no fundo… assim bem no fundo haha, merecia aparecer mais também, assim como o personagem que não lembro se aparece nome dele ou não, haha mas foi interpretado pelo One. Esses personagens que citei foram muito legais, mas como já falei, não tiveram desenvolvimento, uma pena. Tudo bem, que são personagens secundários, mas eles tinham potencial e tiveram uma introdução boa, então esperei que o desfecho seria ótimo.
Ainda há tantos personagens e nem comentei do vilão também, mas nem quero, de tão inútil que ele foi. haha O elenco desse drama é tão bom! Eu gosto de todos os atores e achei triste que o drama não foi tudo isso que prometeu.
A primeira metade do drama foi muito boa, com bons diálogos e sátiras, os relacionamentos dos personagens se desenvolvendo bem, e eles caçando e expulsando os espíritos maus do mundo. Gostava de ver a Samjang em ação junto com Son O Gong e as implicâncias dele com o Ma Wang. Eu amava demais os dois se alfinetando toda hora. 😂

A história não tinha um ritmo muito rápido, mas estava boa. Até que foi apresentado um plot sobre o fim do mundo, o qual só Samjang seria capaz de impedir. Mas isso foi praticamente esquecido, e lembrado só no penúltimo episódio, onde tudo se resolve tão rápido e de uma forma tão mixuruca que nem fiquei com raiva, foi decepção mesmo.
Agora vou falar de romance, primeiro com o casal protagonista Song O Gong e Samjang. Ambos se conhecem quando ela ainda é criança, e mais tarde ele acaba virando seu “guardião” contra a vontade dele. Então pensa, o relacionamento amoroso deles começa com ódio, aquele ódio que a gente sabe que vai virar amor depois. E eu novamente esperei por um amor muito intenso. Não foi no nível que eu esperava, mas foi muito bonito. Adorava a química deles, e já shippava os dois desde o primeiro episódio, principalmente quando tocava When I Saw You. 💛 Lee Seung Gi estava sedutor demais como O Gong, e conforme os episódios passavam ficava ainda mais agradável ver o crescimento dos seus sentimentos por ela. O destino dos dois é complicado, e desde os primeiros episódios já sabemos que tudo pode terminar em tragédia, o que me fez ficar ainda mais cativada por eles. (Que louca, por que eu curto tragédias?!)  Assim como tudo, acho que poderia ser melhor, mas gostei bastante deles. E até gostaria de vê-los juntos em outro drama, é sonho, eu sei, mas vai que…

Eu tinha outro ship no drama, mesmo que esse nunca fosse acontecer, mas não tinha como não gostar de Bu Ja e PK. 💖Tudo bem que a relação deles era quase que de irmãos mas mesmo assim, meu coração romântico não conseguiu ficar quieto. Até PK com Alice eu fiquei meio tentada a shippar viu?! haha
E também Ma Wang com a secretária Ma! Vocês que já viram o drama, me respondam: nesse eu tô delirando demais?!
Nas fotos abaixo vemos PK sendo um fofo cuidando das mulheres desse drama. ❤

Apesar de tudo, o fim do drama terminou bem, pra quem gosta de final aberto. E melhor ainda pra quem prefere os finais diferentões. Eu gostei bastante do último episódio, dos últimos minutos pra ser mais exata.
 
Enfim, A Korean Odyssey não é um drama de todo ruim, teve seus pontos bons e personagens interessantes que fizeram valer a pena, mas não soube aproveitar o potencial que tinha em relação a trama. Uma história que poderia ter sido emocionante e linda, mas não foi.
A OST é ótima! Acho que é a única coisa do drama que não tenho nada pra reclamar. 🙊 💛Gostei de todas, mas minhas minhas preferidas são When I Saw You e Always You. Tem todas aqui nessa playlist do Spotify.
 
Saudades BuJa, saudades Samjang do comecinho, saudades O Gong, saudades Fada, saudades PK, Ma Wang, secretária Ma, Alice… e os tempos que vocês estavam todos reunidos brincando um com o outro. 💖 

Onde Assistir?

Tem legendado no Kingdom Fansub, no Drama Fansubs e na Netflix.
 
E vocês que já assistiram, o que acharam? Eu sei que tem muita gente que gostou também, fiquem a vontade pra deixar os comentários aqui! 🙂
Beijos, Mari! 💕

24 comentários em “A Korean Odyssey (Hwayugi) – K-Drama

  1. Oi Mari! Esse drama é um misto de emoções mesmo
    Ainda ia assistir os últimos episódios quando vi teu post dizendo que tava decepcionada, a louca aqui ficou mais que ansiosa e quando vi.. realmente, não foi tudo que eu esperava, mas foi bom. Concordo que tinha tudo para ser perfeito, mas n souberam aproveitar. Saudades da Bu Ja, shippava tanto <3 Eu não gosto de finais abertos, me incomodei com isso T.T Agora não tinha como odiar esse drama, tinha muitos personagens maravilhosos e tmbm pq eu amo o Lee Seung Gi haha amei o personagem dele (confesso haha). Eu n conhecia a atriz, mas n achei ela ruim, só o personagem que era fraco mesmo. Mas se tem uma coisa que amei mais que os personagens.. foi a OST. Me apaixonei por ela, dificil eu gostar de todas as músicas, mas dessa vez n consegui desgostar de nenhuma, uma lindeza mesmo!
    Enfim, acho que os meus sentimentos sobre o final foram iguais aos teus.
    ps.: e aqueles efeitos especiais no final? parecia até que tava assistindo os mutantes da record haha ai ai

    1. Oi Tati!
      Eu realmente só não odiei pelos personagens, porque olha… a decepção foi grande! 🙁 hahahaha os mutantes! Pura verdade, foi bem ruinzinho. Parece que os efeitos do final estavam ainda piores!
      Mas é isso, né… personagens bons mas a história bem mais ou menos :/
      Tati obrigada por comentar, beijos!!

  2. Esse drama foi muito decepcionante pra mim 🙁 Só vi até o final porque o CSW é meu ator coreano favorito, mas nem o personagem dele eu curti…Teve várias partes que tive que ver com velocidade 2x pra conseguir terminar hahah, nunca tinha feito isso com outro drama.
    Única coisa que salva nesse drama são algumas poucas cenas hilárias e as roupas (achei os looks muito estilosos, principalmente do MW). O resto, achei tudo bem abaixo da média. O CG mesmo chega a dar vergonha alheia, fazia tempo que não via efeitos tão ruins, parecia vindo direto dos anos 80.
    A química entre o casal achei ruim também, não consegui shippar eles em nenhum momento. Na verdade, não consegui me importar de verdade com nenhum personagem hahah
    O elenco foi um verdadeiro desperdício. Na verdade, serviu apenas pra dar audiência, já que muita gente deve ter assistido só por causa do comeback do LSG. A OYS já tinha visto em outros dramas e ela realmente não é uma atriz ruim, mas fazia tempo que não via uma protagonista feminina tão fraca e sem sal.
    Você comentou que acha a atuação do CSW meio forçada, mas que achou mais natural nesse drama, eu achei justamente o contrário hahah Achei o personagem do MW meio forçado no geral. Eu costumo gostar de personagens exêntricos, mas incrivelmente não gostei do MW, apesar de ainda assim ter sido o meu personagem preferido no drama. E não acho que é porque o CSW não sabe fazer comédia, muito pelo contrário, adorei o “doido” do Dokko Jin em The Greatest Love. Só acho uma pena que a maioria das pessoas só conhecem o CSW em papéis de comédia, sendo que ele é ótimo em papéis mais sérios e dramáticos, é só assistir o filme Man on High Heels (onde ele intepreta um policial trans) pra ver como ele é um ator super versátil. No drama City Hall (da mesma roteirista de Goblin) o personagem dele é mais sério também.
    Enfim, próximo drama das irmãs Hong vou ficar com vários pés atrás hahah. É uma pena que um drama com tanto potencial tenha sido assim tão ruim 🙁 Realmente queria ter gostado…
    E obrigada pela resenha, como sempre muito boa 🙂

    1. Oooi! Hahahaha bom, vamos lá… os efeitos eram péssimos sim! E as roupas LINDAS demais! Eu ficava babando nos looks todos!
      Já eu me importei com os personagens demais, e por isso fiquei decepcionadíssima com a história! Sobre o Cha Seung Won eu concordo com você, acho que ele em papéis mais sérios e dramáticos é melhor que em comédia, acho que é por isso que sempre acho forçado, porque gosto mais quando vejo outros tipos de personagens.
      Também vou ficar com o pé atrás pro próximo drama delas… 🙁 Criar expectativa é ruim demais né?
      Obrigada pelo comentário! Beijos!

      1. Penso o mesmo! Não sei se terei coragem e vontade de assistir mais nada das Hong Sisters! Fiquei muito decepcionada com o final! Tinham tanto pata explorar e só apresentaram desgraça! Não gostei!

  3. Opa! Segunda vez comentando aqui 😀
    E nossa, tivemos a mesma opinião sobre esse drama, a mesminha mesmo, até os ships haha
    Realmente fiquei muito decepcionada do meio pro final, principalmente os dois últimos episódios – que eu pulei várias cenas, admito.
    “””””””POUQUINHO DE SPOILER AQUI”””””””
    Shippei horrores a Buja e o PK ;-; A cena final – infelizmente não sendo ela mesmo se despedindo – mexeu comigo. Nunca chorei com nenhum drama, mas fiquei MUITO tocada sabendo que ele nem sequer falou com a própria.
    Foi só eu que senti uma segunda temporada vindo? Nem sei se já teve notícias sobre, mas sinceramente não é um drama que eu animaria a continuar.
    E sobre a secretária Ma e o Ma Wang, eu juro que eu shippei muito também, infelizmente não foi, né D;
    A Samjang foi pouco aproveitada demais, achei ela bem desinteressante, sempre com a mesma cara, aff
    Aquele vilão, minha nossa, que coisa sem graça haushau E olha que eu adoro vilões, mas nesse cagaram muito. O cara não fez nada que prestasse, ponto.
    Além de terem estragado a Buja com aquela sacerdotisa chata, mano. Eu torcendo pra que ela voltasse em algum momento, e nada.
    Enfim, pra mim só prestou até o meio, onde tinha bastante comédia e umas coisas bizarras e diferentes. Mas realmente não aproveitaram a história.
    Agora é ver se esses dramas em andamento possam recompensar o final desse (Eulachacha Waikiki eu confio em você, socorro).
    Enfim, é isso, depois apareço de novo. Fui ♥

    1. Oi Heloísa! Hahaha
      Queria ter pulado umas cenas também, teria poupado decepção. haha
      Awww, Buja e o PK! ♥ Realmente que maldade fazer a xamã ficar no corpo dela até o fim, e a história da Bu Ja mesmo, coitada não se resolveu. Foi triste mesmo.
      Eu fiquei com essa sensação de segunda temporada, mas sei lá é dorama né, raramente sem segunda temporada.
      “Eulachacha Waikiki eu confio em você, socorro” (2) hahaha
      Beijos e obrigada pelo comentário!

  4. Eu comecei amando e por fim, terminei gostando não tanto assim, a história se perdeu lá para o episódio 15, foi do meio para o fim, e a resolução do foco principal do drama foi mixuruca sim, esperava algo mais elaborado, mas fazer o que? Vida que segue! O casal que prometia bastante podia ter tido um amor mais intenso como você disse.

    1. Oi Ruth! A resolução do plot principal foi bem ruim mesmo, haha. Eu nem te conto o penúltimo episódio dava vontade de pular as cenas de tão sem graça!
      Pois é, fazer o que 🙁
      Obrigada pelo comentário!

  5. Primeiro coments aqui.. hahah, mas assim que vi o post falando sobre Korean Odyssey larguei tudo pra vir ler, e ainda bem que não fui a única que nem amou nem odiou o drama.
    Ainda bem que você falou sobre o papel da Oh Yeon Seo, porque convenhamos, com roteiro ou não, ela não estava bem nesse drama, não achei nem começo nem no fim. A Personagem não se desenvolveu, parece que eles se esqueceram dela, as vezes a impressão que dava era que ela era um papel secundário, daqueles quase de apoio. hahahha ( sem maldade).
    Lee Seung Gi primeiro trabalho dele que vejo e simplesmente me apaixonei!! Não me decepcionou em momento nenhum, claro que acredito em muitos plots que deveriam ter sido desenvolvidos, mas acho que ele demonstrou todo o tempo quem era o principal ali e porquê estava ali.
    Agora se teve uma pessoa que me cativou foi o Lee HongKi, ficava ansiosa pelas cenas do PK, seja com a Buja, fosse com a Alice, e como eu surtei quando no começo aparece alguns segundos dele cantando com o Ft Island, no escritório do Ma Wang a foto Debut deles. Genteeee coisa mais linda aquele merchan fofo da banda! hahaha
    Resumo da opera, os personagens e os atores salvaram o drama, porque realmente a história ficou muito solta, e o gostinho de “quero mais” no final, não foi lá grande coisa, mas ainda sim, foi tãoo bom assiti-lo eu ficava esperando a semana toda por mais… ( louca não! hahaha).
    Parabéns pelo LoveCode! acompanho sempre!

    1. Oi Rafa!É o seu primeiro comentário aqui que felicidade! Obrigada! ♥
      Aaaah, concordo com tudo que disse! Infelizmente ela foi totalmente esquecida, fiquei tão chateada!
      O Lee Seung Gi é maravilhoso demais, nem tenho o que dizer, sou fã desde o primeiro drama que vi com ele!
      O Hong Ki é um amorzinho né, eu acho que um dos que mais gostei também, eu também adorava vê-lo com a BuJa e com a Alice <3 E o começo com o FT haha fiquei toda feliz também porque sou fã!
      É... uma pena esse drama ter tanto e não ter aproveitado. Obrigada mesmo Rafa! Fiquei muito feliz com seu comentário! 💖 Beijos!

  6. Eu gostei da história, mas como vc disse, podiam ter explorado mais alguns personagens, a historia do ma wang com a rainha mãe, podiam ter mostrado um pouco do relacionamento deles antes dela ser punida, o filho dele podia ter sido melhor explorado tbm. O drama realmente deu uma parada depois, os espíritos sumiram, mesmo quando sanjamg se cortava nao apareciam mais, meio que se perderam nisso. Achei o dragão horroroso. Acheu o Cha Seung Won ótimo nesse drama, so tinha visto ele em Athena Godess Of War, mas era um papel mais sério e tal, ele estava ótimo no papel meio cômico. Odiei o O-gong no início rsrs depois me apaixonei rsrs. Tirando alguns poréns o drama é muito emocionante, e o legal é que foi por ele que descobri que o Goku foi inspirado tbm no Jornada para o Oeste.

    1. Oi Nega! Aaah é verdade o Goku é inspirado mesmo, haaha meu namorado surtou quando soube! haha
      O dragão foi péssimo demais ahahaha coitado!
      OBrigada pelo comentário!! Beijos!

  7. Gente, só eu vi um monte de coisa similar a Goblin? Só eu achei que TVN queria repetir a formula e falhou miseravelmente?
    Serio, os efeitos foram péssimos, aquele dragão foi difícil de ver e achar algo tenso ali. Sem contar que eu não entendi nada ali.
    Se tivesse começado do ultimo capitulo, dos dois se encontrando, sendo ela uma pessoa misteriosa e ele sem memória e com dor, e a historia fosse sendo contada aos poucos sem efeitos toscos ia ser tão perfeito. Ela ajudado ele a juntar as peças da memoria dele.. Quanto potencial perdido.

  8. Meu primeiro comentário aqui! Eu odiei o que fizeram com o Dorama! Começou tão bem e de repente começaram a estragar tudo! Tanta coisa poderia ser explorada e simplesmente passou batida! Se tiveram tantos problemas, acho que o mínimo seria dar um final feliz ao invés daquela surra de lágrimas que foi! Esperava muito mais!

  9. adorei essa serie, amei os personagens, toda a dramatização… amei todos do elenco teve uma performance incrível, me apaixonei total por tudo… só acho que deveria ter uma SEGUNDA temporada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *