Doramas Entretenimento K-Drama
/

The Light In Your Eyes (Dazzling) – K-Drama

Atenção: Esse drama pode causar excesso de aperto no coração, mas também vem acompanhado de boas risadas e depois de muito choro um sentimento inexplicavelmente bom. Não recomendado para dorameiros de coração fraco.

E eu poderia terminar esse post aqui com esse aviso, mas não, porque preciso dizer ainda o quanto esse drama é belo.

The Light In Your Eyes, ou Dazzling como também é chamado, é um drama mais curto que os “normais”, com apenas 12 episódios. Mas sua história é densa e impactante. O roteiro é uma obra prima, aborda assuntos como família, amizades e a importância do tempo e da vida.

The Light In Your Eyes
(Dazzling)
눈이 부시게

Episódios: 12 | Emissora: JTBC | Ano: 2019

Sinopse: Kim Hye Ja é uma mulher jovem e otimista que sonha em se tornar âncora em um programa de notícias na TV. Seus planos são desfeitos quando ela de repente vira uma mulher de 70 anos! Enquanto isso, Lee Joon Ha quer se tornar um repórter. Ele trabalhou duro para realizar seu sonho, mas agora ele vive em uma realidade decepcionante.
O que acontecerá quando se encontrarem e descobrirem o verdadeiro significado de tempo?

The Light In Your Eyes parecia ser mais uma das comédias românticas da Coreia, mas por ser da JTBC, emissora que vem conquistando espectadores com seus roteiros bem escritos e temas que fogem do convencional, também esperava uma história bem interessante. A sinopse já tinha feito seu bom trabalho de me deixar no mínimo intrigada, afinal uma jovem de 20 anos se tornar de repente uma senhora de 70 só poderia envolver viagem no tempo e bom humor – pelo menos na minha cabeça.

Mas não foi bem assim. O bom humor estava presente sim, mas o que me conquistou de verdade desde os primeiros episódios foram aqueles tapas na cara que a história me dava ao falar sobre a vida.

E como eu disse, antes mesmo de começar o drama eu achava que se tratava de viagem no tempo, e por mais que o drama dê pistas que podem comprovar isso, também nos joga no meio de um quebra-cabeças. Será que a protagonista vai conseguir voltar a ter 20 anos? Se não, como ela sobreviverá nessas circunstâncias? E a família? E o novo amor dela???

O roteiro é tão bem escrito, mas tão perfeitinho que por mais que eu tivesse mil teorias de como tudo se resolveria, ainda assim nunca passou pela minha cabeça o rumo que o drama tomou. E isso claramente aconteceu com todos que assistiram ao drama. Tem alguns plot twists de enlouquecer. Mas ao final do drama eu só sabia agradecer por essa obra prima que me surpreendeu em níveis inimagináveis. Não posso nem comentar muito sobre o andamento da história, porque não quero estragar a experiência de descobrir por conta própria. Mas pra quem já assistiu ao drama, vou deixar uma caixa de spoilers no fim do post, quem quiser abre. Mas sinceramente, recomendo que quem não viu ainda, assista de coração aberto, aproveitando cada momento, e sem ver nenhum spoiler.

Não se trata de uma comédia romântica, muito pelo contrário. O drama me deixou com o coração na mão. Chorei, sorri, chorei, chorei de novo. Mas a sensação é de ter visto um dorama único, com uma história tão real e fascinante. Não esperava essa profundidade ainda mais num drama de 12 episódios, foi uma grata surpresa.

The Light In Your Eyes proporciona várias lições de vida, mas acredito que a mais marcante, pelo menos pra mim, é como a história aborda os idosos e nos faz pensar no assunto. Pensar em como serei quando eu for uma idosa, e pensar que o mundo diz respeitar os idosos, mas a realidade é bem diferente.  Também aborda de forma acolhedora temas de família e amigos, relacionamentos importantes para qualquer ser humano, e muitas vezes mais importante que romance.

E ainda que devemos viver cada momento como se fosse único. Não podemos desperdiçar o tempo e não somos capazes de controlá-lo.

Kim Hye Ja em sua versão jovem é interpretada por Han Ji Min e em sua versão idosa é interpretada por Kim Hye Ja – sim o mesmo nome da personagem. E que agonia ver a situação complicada da personagem. Ela tinha tantos sonhos e paixões mas de repente sua vida muda completamente. Eu me sentia tão aflita quanto ela.

Kim Hye Ja de 20 anos era sonhadora e alegre, apesar da vida injusta, mesmo sendo jovem tinha milhares de problemas pra resolver. Quando passa a ter 70 anos precisa aprender a viver de uma nova forma, aprender que algumas pessoas não dão valor aos idosos, aprender a lidar com os olhares de pena, aprender que seu corpo não é mais o mesmo, sua energia se foi mas ela ainda tem uma vida e precisa aproveitar cada momento. Ao mesmo tempo que ela tenta desesperadamente encontrar uma forma de voltar aos vinte anos também acaba envolvida na vida de outros personagens idosos e com isso, a trama mostra aos espectadores o potencial dos idosos que também vivem situações difíceis.

A adaptação é dolorosa. E associa muito bem com a realidade, nos fazendo pensar como será o dia que vamos acordar e pensar “agora sou um idoso”. E como seremos tratados pelas pessoas ao redor. No caso de Kim Hye Ja, parece que todos os sonhos foram por água abaixo, mas aí entram os belos ensinamentos sobre a vida e o tempo.

A atuação das duas atrizes foi impecável e elas estavam em tanta sintonia, que as vezes eu esquecia que eram duas pessoas diferentes na vida real. O jeitinho era o mesmo. Como não amar essas duas atrizes? Que Kim Hye Ja é brilhante e tem uma carreira de sucesso todos já sabemos, uma das rainhas dessa dramalândia. E agora Han Ji Min está cada dia mais sensacional. Não consigo parar de elogiar os trabalhos da atriz. Os olhares delas me deixavam tão emocionada. No olhar da jovem Kim Hye Ja estava o desânimo e a raiva com a vida e da Kim Hye Ja idosa estava o desespero e a esperança. Não consigo esquecer jamais.

“Mesmo se você estiver sofrendo agora, todos os vivos tem o direito de aproveitar tudo isso, todos os dias. Mesmo se um dia comum for seguido por outro dia comum, ainda vale viver a vida. Não desperdice o presente lamentando o passado e se preocupando com o futuro. Viva esse dia lindamente. Você merece isso. Para todas vocês que são mães, irmãs, filhas e você mesma.”

 

Quando jovem Kim Hye Ja se apaixonou por Lee Joon Ha (Nam Joo Hyuk), um jovem também repleto de sonhos mas frustrado com vida. Eles eram muito parecidos. Suas conversas eram sinceras e cheias de dor. Uma das mais marcantes está presente logo no dois primeiros episódios. A cena deles bêbados, falando sobre refazer escolhas e desistir dos seus sonhos. Aqueles olhares tocaram meu coração e que diálogo espetacular!

Lee Joon Ha acaba tomando um rumo diferente do que ele havia contado para a Kim Hye Ja. Agora com a vida mais complicada ainda, ele passa a trabalhar no centro para idosos e reencontra Kim Hye Ja, mas não a reconhece, claro. Pra mim, foi tão frustrante quanto pra eles, que situação terrível.

Foi a primeira vez que vi o Nam Joo Hyuk num personagem tão sério e adulto como esse. Sabe aquele garoto fofo de Kim Bok Joo e School 2015? Quem é ele mesmo? Confesso que não esperava esse tipo de personagem quando ele foi anunciado no elenco desse drama, e foi mais uma grata surpresa. Nam Joo Hyuk também machuca a gente só com alguns olhares, foi difícil de digerir algumas situações enquanto também sentia que queria proteger eles todos!

Agora imagina como foi dificil pra família da Kim Hye Ja lidar com essa situação. Sua mãe (Lee Jung Eun) e seu pai (Ahn Nae Sang) faziam tudo que podiam pra não deixar a filha ainda pior. Quando ela precisava de amor, eles davam claro, mas quando precisava ouvir dura palavras pra tomar alguma atitude eles também não ficavam quietos. Eu gostei tanto dessa abordagem familiar mostrando de pertinho os complexos mas importantes laços de família.

“Esse mundo está cheio de pessoas que são muito mais competentes do que você. Você vai chorar toda vez que encontrá-los? Morrer de fome, chorar e deitar na cama não vai resolver nada. Isso não vai resolver seus problemas.”

 

Kim Young Soo (Son Ho Jun) é irmão da Kim Hye Ja e o responsável por trazer os momentos que podemos rir no drama. Por isso, aproveite as cenas com ele. Ele é sem noção demais, e as vezes merece muito mais tapas do que ele leva da irmã e da mãe. Mas é engraçado demais também.

A Kim Hye Ja também tem duas amigas, companheiras, maravilhosas e lindas. A Yoon Sang Eun (Song Sang Eun) e Lee Hyun Joo (Kim Ga Eun). Elas são extremamente grudadas, e deixo com vocês a dúvida será que elas reconhecem a Kim Hye Ja mesmo com 70 anos?

Eu adorei os diálogos desse drama. Sinceridade total. As cenas se passam a maior parte do tempo no bairro simples que Kim Hye Ja mora e isso ajudou a tornar o drama ainda mais especial, com uma produção que mostrava os detalhes da vida cotidiana deles. O são de cabeleireiro da sua mãe, as senhorinhas, os detalhes das cadeiras, tesouras, espelhos. A casa deles, o bairro simples e belo ainda mais nas cenas noturnas. Detalhes que fizeram a diferença no drama e ajudam a nos familiarizar com a história e vida dos personagens.

 

Enfim, The Light In Your Eyes é um drama lindíssimo que vale a pena ser visto por todos. Pra quem gosta de história bem construídas e fora do comum, essa é perfeita. Vale a pena cada segundo mesmo que sofrido. Além disso, aqueles plot twists que mencionei ali em cima envolvem algo tão pouco explorado e tão necessário. Pronto parei de falar aqui e quem quiser saber mais, assista!

 

“Eles dizem que a vida não é nada mais que um sonho, mas ainda assim eu sou grata pela minha vida. O ar frio e vivo, a doce brisa assim que as flores começam a florescer, e o cheiro do pôr do sol que enche o ar. Cada dia é deslumbrantemente lindo.”

 

Pra quem quer ler os meus comentários com spoiler, é só clicar na caixinha de spoiler aqui em baixo.

SPOILER - clique para ler

QUE VIRADA DE JOGO FOI AQUELA MINHA GENTE? Eu não esperava, sério! Pensei em todas as possibilidades, pensei em várias teorias sobre viagem no tempo e tinha plena certeza de que o drama era fantasia. Daí vem aquela BOMBA.

Primeiramente eu fiquei em choque, não esperava de verdade. Fiquei triste, doeu demais, chorei. Mas depois de um tempo comecei a pensar nas poucas pistas que o drama deu, comecei a pensar como fui enganada lindamente, mas ao mesmo tudo isso se ecaixava tão bem que eu só conseguia admirar o roteiro.

Além disso, são pouquíssimos os dramas coreanos que abordam o assunto de alzheimer e esse assim sem a gente esperar nos coloca dentro da cabeça de uma pessoa que tem a doença. E da mesma forma que a gente passa o drama todo tentando entender o que está acontecendo, é assim que a doença é.

A cena que a Kim Hye Ja finalmente percebe que tudo isso era a cabeça dela bagunçando e imaginando coisas, ela fica perdida e ao mesmo tempo sentida. É tão triste. 🙁 🙁

Quando penso que o drama mostrou o tempo todo o pai dela olhando pra ela daquele jeito, que parecia pena e ressentimento, percebo que essa foi uma das dicas. Ele na verdade estava triste demais de ver a mãe naquele estado, o chamando de pai, quando ele era seu filho. Ainda mais depois de tudo o que aconteceu né. Também vimos que era ressentimento sim, e que ele mal sabia que ela fez de tudo por ele e que o amava muito apesar da dor que ela sentia.

E na verdade o amor dela pelo personagem do Nam Joo Hyuk era porque esse relacionamento EXISTIU. E foi LINDOOO! ♥

Pelamor. Que roteiro genial. Que drama! Que drama!!

 

[collapse]

 

Onde Assistir?

Tem The Light In Your Eyes legendado no Kingdom Fansubs.

 

E o que vocês acharam?

 

Até logo,

Beijos, Mari.

 

 

 

 

Compartilhe ♥

3 comentários em “The Light In Your Eyes (Dazzling) – K-Drama

  1. Eu fico impressionada com o como ainda conseguem vir com uma temática tão diferente e surpreender a gente assim! Eu amo quando penso em mil alternativas e reviravoltas das histórias e passo longe, e confesso que essa foi uma das que mais me surpreendeu! De todas as que acompanhei essa foi fora da curva! Eu não desconfiei um segundo sequer sobre o rumo que a história tomaria e esse desfecho simplesmente me deixou de queixo caido! História linda, de personagens maravilhosos, atores incríveis, e que deu aquela mexida aqui dentro!❤️❤️

  2. Chorando novamente depois de ler a resenha! Esse drama é sem dúvida nenhuma um dos melhores que já assisti na vida! O roteiro é simplesmente genial e surpreendente! As atuações estão soberbas! E que maravilhoso Plot Twist! Minha reação foi essa: choque – choro – negação – choro – aceitação + choro e admiração por esse roteiro! Merece todos os prêmios possíveis! Super recomendado!!

  3. Chorei tanto nos dois últimos episódios que meu nariz entupiu e eu qse me afoguei nas lágrimas, e eu já tinha recebido spoiler do plot twist então n foi por causa da condição dela idosa, foi por causa das tristezas da estória pessoal dela e da família dela. As cenas cm o filho então foi só facada no coração 😭😭😭😭😭

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *