Category

J-Drama

Category

Olá [email protected] lutando contra o preconceito, aqui quem escreve é a eds, surtadíssima! Antes de mais nada, quero deixar registrado que esse post é uma opinião super leiga no assunto BL (do inglês Boys Love, amor entre garotos) pois os 03 dramas que vou recomendar são justamente os únicos 03 que completei no gênero BL, que é um verdadeiro mundo à parte no universo dramaland, dentre seguimentos de tema que nos são oferecidos.

Vale salientar que, se comparado aos demais dramas, o BL funciona como webdrama, pois seu formato mini garante uma divulgação pesada em apps como LINE TV, além de sua grande maioria estar disponível no youtube com legenda em inglês. Mas não se preocupem, há fansubs pt-br especializados no gênero, com um catálogo atualizadíssimo, que irei indicar. Então, vamos em frente que atrás vem SHIP! E nessa viagem eu espero que você possa escolher o seu, ou assistir logo todos 😀 Cada um será recomendado no intuito de demonstrar o BL em 03 países: Taiwan, Tailândia e Japão, respectivamente.

Olá. Faz quanto tempo desde que escrevi sobre um j-drama por aqui? Todome No Kiss foi o último que vim falar sobre e agora estou nostálgica, porque minha gente que drama bom aquele, né? Saudades! Se vocês ainda não viram, vejamMas voltando pro assunto do post, hahah…

Hoje vou falar de um j-drama que eu enrolei horrores pra terminar. Não foi porque foi ruim ou coisa do tipo, mas a verdade é que eu estava com medo de me decepcionar. Hana Nochi Hare: HanaDan Next Season não é drama qualquer, esse é a sequência oficial de Hana Yori Dango, é da mesma autora, com mangá e tudo. E por que é especial pra mim? Porque Hana Yori Dango foi meu primeiro dorama da vida. Saudades Doumyouji, Makino e o F4 todinho.

E justamente por esse motivo, quero avisar que esse post é escrito por uma fangirl emocionada, pode conter muitos surtos, e talvez eu tenha ignorado pontos negativos na trama. Mentira! Eu enxerguei alguns… 🙁 Infelizmente, maaaas, continua sendo um draminha especial pra mim.

Olá dorameiros como vocês estão?! Tem muito drama novo saindo esses dias, estou com a minha lista toda atrasada, socorro! E mesmo nessa bagunça de tanto drama pra ver, acabo sempre tendo algum favorito ou surto do momento. E hoje vim contar sobre um jdrama que eu não dava nada e depois me peguei viciadíssima.

Se você me segue no twitter provavelmente viu os meus surtos. Tudo começou quando a minha amiga Dri começou a ver o drama, e ela sempre falava o quanto estava adorando, resolvi dar uma chance por causa dela (obrigada Dri!) e olha foi maravilhoso demais! Como eu surtei nesse drama, ficava ansiosa, nervosa, confusa e cheia de amor! ❤

Todome no Kiss (ou Kiss That Kills) é um j-drama viciante com uma história um tanto obscura e confusa sobre um tal de “beijo matador” que faz os personagens viajarem no tempo.

Olá amantes dos dramas, é a Edna ^-^
Hoje venho falar de um Jdrama bem nipônico mesmo, dos quais eu me devia assistir desde quando li a resenha da Alayana no seu blog que amava acompanhar. Tenno No Ryoriban carrega uma história baseada em fatos reais do livro de mesmo nome do autor Hisahide Sugimori, onde o personagem principal teve como base a vida de Tokuzo Akiyama (1888-1974).
Tokuzo é um rapaz que mal sua família davam crédito de ter uma vida responsável de início, mas que depois de uma longa jornada se tornou o Chefe do Imperador do Japão em tempos difíceis de ocupações e guerras. Apesar de soar tenso, a atuação do Satoh Takeru e seus amigos, ou melhor, apoiadores de sonho, construiu um contexto poético e bonito de se ver. A OST e a resenha é simples, todavia esperamos que agrade com o coração sincero.

Tenno No Ryoriban (The Emperor’s Cook) |天皇の料理番

Episódios: 12 | Emissora: TBS | Trasmissão: 26/Abril/2015 – 12/Julho/2015

Hoje vou falar de uma adaptação live-action (o que para dorameira aqui é um j-drama e é dessa forma que vou tratá-lo aqui ~haha) do mangá Boku dake ga Inai Machi criado por Kei Sanbe, que também tem anime, e um filme de 2016. Erased é uma produção da Netflix.

Antes de tudo quero deixar claro que não li o mangá, não vi o anime e nem o filme, fui logo de cara assistir o drama da Netflix por isso minha opinião é sobre ele somente, sem comparações.

Acabou mais um draminha tão fofo! Eu estou triste de verdade, porque pela primeira vez em muito tempo um J-Drama me conquistou demais. ❤️❤️ Toda semana esperava com ansiedade por mais um episódio. E é isso mesmo que você leu: é um J-Drama.
Sukina Hito ga Iru Koto (ou A Girl & Three Sweethearts) é um dorama extremamente fofo e com paisagens praianas radiantes.  Aquele romancinho bobinho e bonitinho que derrete o coração. 💕