Tag

drama coreano

Browsing

E o post de hoje é sobre um drama que deu muito o que falar logo nos primeiros episódios. Um drama que se tornou um marco sobre vários assuntos não explorados no meio dorameiro, mas muito importantes, principalmente o feminismo. Com uma história cativante sobre juízes e seu dia-a-dia no tribunal, Miss Hammurabi aborda casos de pessoas reais e como diversos fatores podem afetar a decisão de um juíz.
Esse drama estava fora da minha lista para assistir. Primeiro porque não me chamou atenção e ainda tinha a Go Ara no elenco, e o L que desde Ruler peguei uma raivinha. Eu tinha plena certeza de que “ufa, menos um na minha lista”. Pois bem, o drama começou e continuava não dando nada pra ele, até que a comunidade dorameira do twitter começou a postar algumas cenas e eu fui ficando curiosa. Assisti ao episódio 1, assisti ao 2 e tudo que eu queria era MAIS. Quanto mais episódios passavam, mais apaixonada eu ficava, por tudo, por todos e inclusive pela Go Ara maravilhosa!

Depois de tantos dramas policiais no ano passado eu não pensei que tão cedo voltaria a dizer: “aaah, que saudade eu estava de um drama policial”, e foi isso que eu pensei enquanto assistia Sketch. Mas em minha defesa, o drama é um baita dramão, então policial E bom desse jeito… não tem como resistir, né?
Sketch tem um enredo intrigante e personagens profundos abordados em uma visão humanizada sobre nossas escolhas. A trama de ação e suspense fica ainda mais emocionante por ter uma pitada de poderes paranormais e atuações excelentes.

Mais uma “temporada” de dramas está chegando ao fim esses dias então vai ter algumas resenhas novas aqui… e vocês dizem: até que enfim, né?! haha
Um drama que acabou recentemente foi Lawless Lawyer, aquele com Lee Jun Ki que eu ficava falando muito no twitter antes de estrear. Primeiro motivo pra eu falar tanto dele: Lee Jun Ki. Segundo motivo: Lee Jun Ki + a maravilhosa Seo Ye Ji. E é isso. Eu confesso que não esperava muito dele pela história e sim pelo casal de protagonistas. Pra mim seria só mais um dos dramas jurídicos desse ano. E falando nisso, misericórdia Coreia que deu em você que esse ano não tem sageuk e só tem drama judicial?! E tem mais estreando esse mês e nos próximos.
Bom, a verdade é que Lawless Lawyer me surpreendeu logo nos primeiros episódios, não só pelo elenco se sair melhor do que imaginei, mas também pelo enredo até então muito promissor. O drama é uma boa mistura de ação, suspense, vingança, jurídico, comédia, romance… é isso aí, tem de tudo.

Oi oi, dorameiros, como estão?
Vocês ficaram sabendo da versão coreana de Suits, certo? Desde o começo das notícias desse drama a maioria dos dorameiros criaram uma expectativa enorme em cima dele, mas ao mesmo tempo como dorameiros calejados nós também ficamos com um pézinho atrás, afinal as versões coreanas das séries americanas nem sempre saem como esperado. Mas Suits “KR” prometia muito principalmente pelo elenco. E bom, nesse post vou falar o resultado dessa promessa + expectativa + medo. Lembrando que não assisti a série americana, então tudo que vou falar a partir daqui é sobre a versão coreana.

Eu comecei a escrever sobre esse drama e parei umas três vezes porque eu não conseguia mais pensar em outra coisa além de: assistam My Mister porque é maravilhoso!! ? Fazia um tempo que um drama não me pegava tanto quanto My Mister, na verdade, tá sendo uma temporada de dramas bons né, mas esse superou todas as minhas expectativas e me conquistou em cada pequeno detalhe.
Com um roteiro muito bem escrito, personagens imperfeitos e infelizes, My Mister (My Ahjussi) conta uma linda e profunda história sobre relacionamentos humanos e o quanto eles podem ser fascinantes. De um lado temos um homem em seus 40 anos que parece ter uma vida perfeita mas lida constantemente com a infelicidade e do outro uma jovem de 20 e poucos anos que não tem mais esperança na vida. É um drama incrível e emocionante, diferente de tudo que já vi.

Olá dorameiros! Como vão? Acabaram vários dramas bons esses dias e eu estou um pouco atrasada aqui, mas vou postar esse drama incrível e logo logo tem mais um drama bom demais, aguardem! ?
A Poem A Day é um drama sobre fisioterapeutas e radiologistas com uma história simples mas muito tocante, o elenco não é tão popular mas os personagens são tão cativantes. E as poesias… Ah, são umas mais lindas que as outras! Um drama lindo e sensível. ?

Qual é o momento certo para sair do emprego? Será que devemos aguentar ao máximo todas as situações terríveis que passamos em certos empregos para manter um “status na sociedade” ou para alimentar uma falsa dignidade criada pelo nosso próprio orgulho? Até que ponto nossos sentimentos são abalados? E melhor ainda, até que ponto podemos nos manter lúcidos num mundo cheio de cobranças e julgamentos?
The Best Moment To Quit Your Job é um web drama coreano que aborda o assunto de emprego e desemprego com clareza e mesmo que doa, os sentimentos são realistas e quem já passou ou está passando pelas situações apresentadas pode se identificar muito e por isso, o drama pode se tornar um pouco mais pesado para essas pessoas, mas vale a pena assistir porque com certeza alguma mensagem boa o drama vai trazer.

Hoje eu venho com prazer falar desse draminha que fez meus dias mais felizes. Minhas noites, pra ser mais exata. Quando eu chegava do trabalho depois de um dia cansativo, tudo que eu queria era ligar o computador pra dar boas risadas e aliviar o estresse com Eulachacha Waikiki.

Desde os teasers e posters lançados, os dorameiros já estavam loucos pensando que esse poderia ser um drama incrível e de fato foi. Lembro que os teasers que a JTBC lançava eram bem diferentes, um deles era uma página com as avaliações de clientes que já tinham se hospedado na Waikiki, mas esses hóspedes eram personagens de outros dramas da JTBC, como da Bong Soon e de Age of Youth. ?

 Eulachacha Waikiki aborda a vida de pessoas comuns tentando alcançar seus sonhos em um enredo leve e de uma forma extremamente divertida e cativante. ?

Demorei um pouquinho para vir aqui de novo, mas porque eu confesso que não estava animada pra escrever resenha dos dramas que terminaram. Um deles foi Return, que eu prefiro não fazer um post só pra falar sobre minha indignação com o drama. Apesar dele ter um início incrível aos poucos fui perdendo o interesse e parece que ainda mudaram algo na história depois da metade do drama. Enfim, é uma história bem interessante mas depois vi muitos buracos e coisas que foram desnecessárias, poderiam ser diferentes… É isso. haha Falei de Return e agora vamos pro assunto do post que é Radio Romance.

Radio Romance é um desses dramas que tem vários clichês e um romance bonitinho mas a história é bem simples e rasa. Não é que seja ruim, no meu caso, tem dias que prefiro ver algo assim ao invés dos dramas surtantes. Acho que vai do momento e do gosto de cada um. Vou falar no post sobre os pontos positivos e negativos do drama.

Terminaram vários dramas esses dias e por mais que eu queira comentar sobre todos, vim correndo escrever sobre um drama que me segurou do começo ao fim. E eu sei que eu já falei num post recente que aquele drama era obra de arte, porque realmente Mother é, mas Misty também é uma obra de arte. E eu estou muito feliz com isso, gosto assim, dramas surtantes, por mais pesados e obscuros que sejam. Eu gosto é de emoção, de roteiro bem escrito, de atuações apaixonadas.

Misty trata assuntos como vingança, adultério e assassinato. É um drama adulto, com personagens maduros e uma história diferente dos padrões. A protagonista é marcante por ser fora do padrãozinho perfeito e é muito poderosa.  Uma história de suspense inteligente que nos mantém presos do começo ao fim. Simplesmente incrível!