Tag

triste

Browsing

Eu estava louca por Reunited Worlds desde os teasers, afinal eu tinha acabado de ver Circle e queria muito ver Jin Goo novamente. Quando descobri que o drama teria noona romance fiquei ainda mais empolgada. Talvez eu tenha ido com muita sede ao pote, ou talvez o drama não foi tudo isso mesmo. Comecei o drama gostando muito, depois achei a história um pouco arrastada mas continuei mesmo assim porque adorava o sorriso do Jin Goo e acabei ficando curiosa como o drama ia terminar.

Reunited Worlds foi mais suave do que imaginei que seria, não foi um drama ruim, mas pecou ao arrastar a história e o romance. Felizmente ele tem seus momentos bons e me emocionei em algumas cenas com a simplicidade e a doçura dos personagens, nos mostrando que é importante viver e dar nosso melhor sempre, principalmente com aqueles que amamos.

Lembro como se fosse hoje… era finalzinho de 2015 e uma notícia saiu e me alegrou demais: Lee Jun Ki voltaria como protagonista e para um drama de época (adoro sageuk!). Logo depois saiu a notícia de que sua parceira seria nada mais, nada menos que a IU e meus surtos já começaram aí, quando me dei conta que os dois são lindíssimos e ficariam ainda melhor juntos. Tudo foi piorando quando o resto do elenco foi confirmado, teríamos também: Kang Ha Neul (de Twenty), Hong Jong Hyun, Nam Joo Hyuk (de School 2015), Baekhyun (do EXO), Ji Soo (de Angry Mom, Cheer Up) … e muitos outros atores e atrizes ~todos lindos e queridinhos dos dorameiros. 😍

No meio de 2016 eu estava pirando novamente quando os posters começaram a sair. Ver os atores queridos, lindos, todos com as roupas maravilhosas da época me fizeram perceber mais ainda que eu estava surtando como nunca antes.


Moon Lovers: Scarlet Heart Ryeo foi um dorama que acabou comigo em todos os sentidos. O drama é daqueles pra surtar mesmo, pra criar teorias, pra chorar de alegria e de tristeza. 😭😂Daqueles que você quer matar vários personagens e guardar outros num potinho e cuidar pra sempre. Moon Lovers foi um dos melhores do ano com certeza!

Ah, a história emocionante, a tensão, as brigas políticas, a produção, o figurino e cenários excepcionais, o elenco belo e talentoso, o protagonista cativante, a trilha sonora pra ficar ouvindo pra sempre… Amei! Amei!❤️❤️

(Resenha SEM spoiler! ~ Se quiser ler meus comentários com spoiler é só clicar no link no final do post.)

Comentei sobre esse dorama aqui há um tempo atrás, no começo não dava muita coisa pra ele, como falei, eu veria apenas por causa da protagonista, a Uee. Gosto dela e queria ver como ela ia se sair em um papel mais sério.
O drama começou  e eu tive uma reação diferente, os primeiros episódios não pareceram ser tão tristes, e logo me conquistaram. Acontece que o sofrimento vai surgindo ao longo da história e ela é um mix de sentimentos e emoções profundas. Uma hora eu estava morrendo de amores e em outra sentindo as lágrimas escorrendo de repente.
Se eu gostei? Eu amei! Adoro quando o drama me traz emoções fortes e me envolvem desse jeito (ok, eu curto muito um melodrama e fiquei até mais impactada com esse drama do que Descendants of The Sun, pasmem!). Mas o dorama tem seus  ~vários~ momentos felizes que valem tanto a pena. Ver os sorrisos nos rostos daquela família fazia meus fins de semana mais felizes também.
Agora, bora começar a resenha direito né?! haha.